Total de projetos de pesquisa



Número total de itens: 19

2017

1.   2017-Atual. MUDANÇAS CLIMÁTICAS E IMPACTOS AMBIENTAIS EM ÁREAS ALAGADAS (WETLANDS) DO PANTANAL (BRASIL): QUANTIFICAÇÃO, FATORES DE CONTROLE E PREVISÃO EM LONGO PRAZO
Descrição: As áreas alagadas (wetlands) têm papel fundamental no controle de fatores que podem influenciar ou serem influenciados por mudanças climáticas e ambientais O projeto apresentado será desenvolvido na Nhecolândia (MS), região caracterizada por um sistema de lagoas cujas águas variam de doce a hipersalina. Trata-se de uma pesquisa multi e interdisciplinar cujo desafio científico é elucidar o funcionamento geoquímico e biogeoquímico dessa região, transferir os conhecimentos adquiridos para a elaboração de balanços regionais dos fluxos de gases de efeito estufa (GEE), e compreender os processos de disponibilização do arsênio (As) para as águas, considerando a influência de fatores ambientais, em particular, das mudanças climáticas. O projeto está funcionamentos biogeoquímicos das lagoas e avaliar suas consequências nos ciclos do C e do N, nas emissões de GEE e na distribuição e especiação do As na paisagem ; (ii) verificar a evolução dos solos ao redor das lagoas, para compreender o funcionamento do sistema solo-água;(iii) desenvolver um modelo numérico do funcionamento hidrológico e hidroquímico das lagoas, para predizer a evolução do sistema face aos estresses ambientais ; (iv) verificar o potencial de utilização dos dados de sensoriamento remoto para identificar feições espectrais e topográficas que permitam associar as variáveis que poderiam estar relacionadas as emissões de GEE e sua extrapolação para a escala regional. Os resultados obtidos poderão fornecer subsídios científicos para elaboração de políticas públicas para o gerenciamento sustentável do Pantanal.. Situação: Em andamento; Natureza: Pesquisa. Integrantes: Celia Regina Montes - Integrante / Anne-Helene Fostier - Integrante / Debora Ayumi Ishida - Integrante / Adolpho José Melfi - Coordenador / JANAINA B. CARMO - Integrante / Débora Marcondes Bastos Pereira Milori - Integrante / Wilson Tadeu Lopes da Silva - Integrante / Osvaldo José Ribeiro Pereira - Integrante / MARLI DE FÁTIMA FIORE - Integrante / Ary Tavares Rezende Filho - Integrante / Gilles Berger - Integrante / Hugo Miguel Preto de Morais Sarmento - Integrante / Jean Louis Stéphane MOUNIER - Integrante / José Marcato Junior - Integrante / Judith Schellekens - Integrante / Laurent BARBIERO - Integrante / Lucy Gomes Sant Anna - Integrante / Marcos Siqueira Neto - Integrante / Patricia MERDY - Integrante / Plínio Barbosa de Camargo - Integrante / Vincent Valles - Integrante / Yves Marie Pierre Henri Lucas - Integrante. Financiador(es): Fundação de Amparo à Pesquisa do Estado de São Paulo - Auxílio financeiro.
Membro: Celia Regina Montes.

2014

1.   2014-Atual. Evolução do sistema Latossolo Gleissolo e sua relação com os depósitos de argilas aluminosas refratárias no oeste de Minas Gerais
Descrição: Nas superfícies das chapadas sedimentares do oeste mineiro, a paisagem pedológica é essencialmente composta por Latossolos e Gleissolos. Os Latossolos estão presentes nas partes elevadas e bem drenadas do relevo e estão associados com Gleissolos desenvolvidos nas depressões topográficas. Essa associação de solos é determinante para a distribuição da flora e fauna do cerrado, configuração topográfica da superfície das chapadas e diferenças acentuadas nos estoques de carbono. É provável que a evolução desta paisagem pedológica esteja associada à gênese de materiais de importância econômica. Na região, os depósitos de argilas com elevados teores de alumínio e extraídas para fabricação de materiais refratários são encontrados exclusivamente na superfície das chapadas e hipoteticamente estão relacionados à gênese e evolução do sistema Latossolo Gleissolo. Apesar da inquestionável importância do ponto de vista genético e evolutivo e possível interesse econômico, esta cobertura pedológica e suas relações com a paisagem e os fatores que levam aos diferentes níveis de enriquecimento aluminoso são pouco explorados. O objetivo deste projeto é determinar as relações existentes entre a evolução do sistema pedológico Latossolo Gleissolo e a gênese dos depósitos de argilas aluminosas (caulinita e gibbsita) encontrados no topo das chapadas do oeste de Minas Gerais. Especificamente a pesquisa foca no estudo do processo de desferruginização da matriz dos solos lateríticos por hidromorfia, o qual pode levar à concentração de argilas aluminosas associado com o entalhamento da drenagem ao longo do tempo.. Situação: Em andamento; Natureza: Pesquisa. Integrantes: Celia Regina Montes - Integrante / Nádia R. Nascimento - Integrante / Debora Ayumi Ishida - Integrante / Adolpho José Melfi - Integrante / Guilherme Taitson Bueno - Integrante / Alfredo Borges de Campos - Integrante / JOSÉ SILVIO GOVONE - Integrante / Vincent Adrien Marcel Chaplo - Integrante / Vania Silvia Rosolen - Coordenador.
Membro: Celia Regina Montes.

2013

1.   2013-2015. IRRIGAÇÃO COM ÁGUAS RESIDUÁRIAS DE ORIGEM AGROINDÚSTRIAL NA CULTURA DA BETERRABA
Descrição: A crescente preocupação na preservação da qualidade dos recursos hídricos, associada à grande demanda de água pelos cultivos irrigados tem levado os pesquisadores da área à busca de alternativas para produção. A irrigação com águas residuárias é uma alternativa para substituir águas de qualidade, possibilita a manutenção da umidade do solo, pode ser fonte de nutrientes, além de prevenir o risco de contaminação dos recursos hídricos. O processamento dos produtos de origem animal e vegetal pelas agroindústrias gera resíduos líquidos ricos em matéria orgânica, nutrientes e sais, que mesmo após tratamento, ainda apresenta potencial de poluição às águas, principalmente pela presença de fontes de nitrogênio e fósforo. O fornecimento desses efluentes aos cultivos precisa ser avaliado do ponto de vista nutricional e microbiológico para garantir a produtividade e a qualidade bacteriológica das plantas. O objetivo dessa pesquisa é avaliar o produto final de um cultivo de beterraba em condições de ambiente protegido irrigado por gotejamento com efluentes gerados no laticínio escola da USP Pirassununga, pós-tratamento, quanto suas características de produção, qualidade microbiológica e tecnológica. Os tratamentos empregados serão: (i) irrigação com efluente tratado por reator anaeróbio operado em bateladas sequenciais; (ii) irrigação com efluente tratado por reator aeróbio operado em bateladas sequenciais; (iii) água superficial. Três diferentes lâminas de efluente serão aplicados a cada um dos tratamentos (50%, 100% e 150% da evapotranspiração da cultura). O cultivo será realizado em duas épocas distintas, primavera-verão e outono-inverno.. Situação: Concluído; Natureza: Pesquisa. Integrantes: Celia Regina Montes - Integrante / Gilberto C. Sundefeld Júnior - Integrante / Tamara Maria Gomes - Coordenador / Fabrício Rossi - Integrante / Giovana Tommaso - Integrante / Marta Mitsui Kushida - Integrante / Rogers Ribeiro - Integrante. Financiador(es): Fundação de Amparo à Pesquisa do Estado de São Paulo - Auxílio financeiro.
Membro: Celia Regina Montes.
2.   2013-2016. Modelling the dinamics of equatorial forest soil deep carbon in changing environments - C-PROFOR
Descrição: Os Espodossolos da região amazônica podem estocar grandes quantidades de carbono (C), particularmente em seus horizontes Bh profundos. Estas elevadas quantidades de C provavelmente existem em solos de áreas com climas similares, principalmente na África. Tais estoques de C levantam o problema de sua estabilidade, como resposta às mudanças climáticas ou de uso do solo. Qualquer modificação significativa na cobertura vegetal poderá alterar a dinâmica da água no solo, que poderá, por sua vez, afetar o turnover da matéria orgânica (MO) do solo. Como isso o que ocorrerá não está claro e provavelmente dependerá de condições específicas e de propriedades do solo. Considerando os horizontes Bh dos Espodossolos equatoriais, pode-se assumir que o ressecamento desses solos, geralmente saturados, levará a um aumento na taxa de mineralização da MO, embora a extensão desse aumento não tenha sido ainda quantificada. Neste contexto, o presente projeto objetiva quantificar as taxas de mineralização da MO dos Espodossolos em diferentes cenários de mudança climática, considerando condições mais secas ou mais contrastantes. Para tanto, torna-se necessário: (1) quantificar a mineralização da MO dos Espodossolos sob condições de ciclos alternados úmido/seco e (2) modelizar a dinâmica da água no sistema Espodossolo submetido a mudanças de uso do solo ou do clima.. Situação: Concluído; Natureza: Pesquisa. Alunos envolvidos: Especialização: (1) / Mestrado acadêmico: (2) Doutorado: (1) . Integrantes: Celia Regina Montes - Integrante / Nádia R. Nascimento - Integrante / Adilson Carvalho - Integrante / Adolpho José Melfi - Coordenador / Guilherme Taitson Bueno - Integrante / Carlos Eduardo Cerri - Integrante / Bruno F.F. Pereira - Integrante / Osvaldo José Ribeiro Pereira - Integrante / Roberta Clemente Santin - Integrante / Gustavo G. Baldi - Integrante / Débora Ayumi Ishida - Integrante / Hedinaldo Narciso Lima - Integrante / Afrânio Ferreira Neves Junior - Integrante / José Zilton Lopes Santos - Integrante. Financiador(es): Fundação de Amparo à Pesquisa do Estado de São Paulo - Auxílio financeiro.
Membro: Celia Regina Montes.

2012

1.   2012-2015. DATAÇÃO DE CAOLINITAS DE FORMAÇÕES LATERÍTICAS NA BACIA DO RIO NEGRO
Descrição: As idades propostas para certas coberturas de solos é resultado de inferências relativas já que não existem técnicas para a datação precisa e absoluta dos solos e alteritas. Incluemse nesse caso as formações lateríticas, posto que, ainda, não se sabem datálas frente à sucessão dos climas. Tal problema científico, maior, é o cerne do projeto que ora apresentamos e que será desenvolvido na alta bacia amazônica. O projeto aporta um método de datação original: datações de perfis lateríticos, a ser realizadas com o método baseado sobre os defeitos de irradiação que se acumulam nas caolinitas. Tal método requer estudos de campo, análises mineralógicas e, também, especificamente, análises espectroscópicas e de irradiações artificiais. Tais análises acrescentarão elementos para a discussão sobre paleoclimas... Situação: Concluído; Natureza: Pesquisa. Alunos envolvidos: Mestrado acadêmico: (3) Doutorado: (3) . Integrantes: Celia Regina Montes - Integrante / Nádia R. Nascimento - Coordenador / Adolpho José Melfi - Integrante / Yves Lucas - Integrante / Guilherme Taitson Bueno - Integrante / Thierry Allard - Integrante / Débora Ayumi Ishida - Integrante / Alisson Duarte Diniz - Integrante.
Membro: Celia Regina Montes.
2.   2012-2014. DATAÇÃO DE CAOLINITAS DE FORMAÇÕES LATERÍTICAS NA BACIA DO RIO NEGRO: IMPORTÂNCIA NA EVOLUÇÃO GEOMORFOLÓGICA DA AMAZÔNIA CENTRAL BRASIL
Descrição: O projeto aporta um método de datação original: datações de perfis lateríticos, a ser realizadas com o método baseado sobre os defeitos de irradiação que se acumulam nas caolinitas. Tal método requer estudos de campo, análises mineralógicas e, também, especificamente, análises espectroscópicas e de irradiações artificiais. De maneira a balizar as datações das caolinitas sobretudo aquelas existentes nos solos sobre a Formação Içá, propusemos os estudos dos sedimentos desta formação, ela mesma contendo caolinitas. Em conjunto as datações das caolinitas e por isótopos cosmogênicos de tal Formação servirão, então, como patamar para a checagem das idades dos solos sobre tal formação sedimentar. Ao mesmo tempo, as análises de razão isotópica serão realizadas para caracterização de paleoambientes (passagem da vegetação de floresta sobre os solos lateríticos, para as formações de vegetação aberta campinarana, caatinga e campina sobre os podzóis e solos hidromórficos da Formação Iça). O fracionamento isotópico será realizado, também, em sedimentos contendo restos de folhas, sementes e fragmentos de caules em camada sedimentar supostamente da Formação Içá. Tais análises acrescentarão elementos para a discussão sobre paleoclimas... Situação: Concluído; Natureza: Pesquisa. Integrantes: Celia Regina Montes - Integrante / Nádia R. Nascimento - Coordenador / Adolpho José Melfi - Integrante / Guilherme Taitson Bueno - Integrante / Thierry Allard - Integrante / Yves Lucas - Integrante / Alisson Duarte Diniz - Integrante / ? José Cândido Steveaux - Integrante / ? Jorge Batista de Sousa - Integrante / ? Ana Gabriela Bueno Melo de Carvalho - Integrante / Luciana Felício Pereira - Integrante / Bruna Gomes Rossin - Integrante / Rafael Marques dos Santos - Integrante / Débora de Sena Oliveira Mendes - Integrante / Felipe Silva Guimarães - Integrante.
Membro: Celia Regina Montes.

2011

1.   2011-2015. EMISSÕES DE GASES E DINÂMICA DO NITROGÊNIO EM LAGOAS DE ESTABILIZAÇÃO E SOLOS IRRIGADOS COM ESGOTO TRATADO: GESTÃO SUSTENTÁVEL DOS RECURSOS HÍDRICOS
Descrição: A utilização de esgoto tratado (ET) na irrigação de culturas tem sido cada vez mais foco de pesquisas, em razão da grande geração de esgotos nos centros urbanos e da escassez de água. Se por um lado a irrigação com ET traz benefícios para a agricultura e para o ambiente (redução da descarga de efluentes em corpos d?água, aporte de nutrientes para as planta, redução do consumo de fertilizantes nitrogenados, economia de água de melhor qualidade), pode contribuir para o aumento da emissão de gases do efeito estufa. O nitrogênio por sua vez, essencial para a nutrição das plantas, apresenta grande potencial de poluição se liberado de maneira incontrolável no meio ambiente. Desta forma, investigar os efeitos da irrigação com ET nas emissões de gases do efeito estufa pelo solo e pelas lagoas de estabilização e identificar as principais rotas de transformação e remoção de N em lagoas é fundamental para a sustentabilidade do sistema lagoas fotossintéticas-solo-planta-atmosfera. Sendo assim, esse projeto tem como principais objetivos (i) quantificar e qualificar as frações de C e N no ET e no solo; (ii) determinar as emissões de CO2, CH4 e de N, em suas diferentes formas, pelo solo e pelas lagoas de estabilização; (iii) realizar balanços de massa de nitrogênio em lagoas operando sob diferentes condições, quantificando as parcelas: volatilizada, associada ao efluente final e incorporada à biomassa que sedimenta. Como resultados são esperados que: (i) a irrigação com ET estimule uma maior produção primária líquida e com isso as entradas de C no sistema serão superiores as saídas, resultando em maior imobilização de C pela biomassa vegetal e acúmulo de C no solo; (ii) que a quantificação da emissão de gases pelo solo e lagoas de estabilização contribuam para gestão sustentável deste sistema; (iii) que o entendimento da dinâmica do nitrogênio em lagoas fotossintéticas será uma ferramenta de validação de modelos matemáticos auxiliando no dimensionamento e gerenciamento de estações. Situação: Concluído; Natureza: Pesquisa. Alunos envolvidos: Graduação: (2) / Mestrado acadêmico: (2) . Integrantes: Celia Regina Montes - Integrante / Adolpho José Melfi - Coordenador / Yves Lucas - Integrante / Luiz Fernando Rossi Léo - Integrante / Silvana Cutolo - Integrante / Roque Passos Piveli - Integrante / Humberto Carlos Ruggeri - Integrante / Roberta Clemente Santin - Integrante / Rudi Venturini Tiszolczky - Integrante. Financiador(es): Fundação de Amparo à Pesquisa do Estado de São Paulo - Auxílio financeiro / Companhia de Saneamento Básico do Estado de São Paulo - Auxílio financeiro.
Membro: Celia Regina Montes.
2.   2011-2014. QUANTIFICAÇÃO E DINÂMICA DO CARBONO ASSOCIADO A HORIZONTES ESPÓDICOS PROFUNDOS DE SOLOS DA FLORESTA AMAZÔNICA, FACE A POSSÍVEIS MUDANÇAS CLIMÁTICAS
Descrição: A quantificação do C estocado nos meios naturais e a avaliação de sua sensibilidade às mudanças climáticas ou de uso da terra represetma um domínio de pesquisa em plena expansão. A Amazônia apresenta uma vasta área de Espodossolos (ES), caracterizados por horizontes arenosos espessos, recobrindo horizontes mais argilosos. A matéria orgânica (MO) produzida na superfície é transferida, pelas águas de percolação, através dos horizontes arenosos, acumulando-se na transição entre os horizontes arenosos e argilosos, numa profundidade que varia de 1 a 3 metros, formando os horizontes espódicos Bh profundos. Estudos recentes realizados na Amazônia, por parte da equipe deste projeto, têm mostrado que os ES podem armazenar acima de 13,6 Pg C nos Bh profundos. Qual a estabilidade deste C face às mudanças de uso do solo ou climática? No caso dos Bh, o ressecamento destes solos normalmente saturados, poderia levar a mineralização parcial ou total da MO, resultando em emissões de grandes quantidades de gases de efeito estufa. O projeto tem, portanto, como objetivo estimar os estoques de C nos ES da floresta, as taxas de emissão de CO2 e avaliar sua vulnerabilidade sob diferentes usos do solo e cenários climáticos. Serão necessários: (i) a produção de mapas dos teores de C a partir das estimativas dos estoques obtidos do cruzamento dos dados de campo, de cartas pedológicas e de imagens de satélites; (ii) coletar amostras para avaliação da vulnerabilidade da MO à mineralização de C, por meio da quantificação da metabolização pelos microorganismos; (iii) associar os resultados relativos à vulnerabilidade da MO aos mapas de conteúdo de C para produzir mapa de vulnerabilidade do C.. Situação: Concluído; Natureza: Pesquisa. Alunos envolvidos: Graduação: (3) / Mestrado acadêmico: (2) / Doutorado: (3) . Integrantes: Celia Regina Montes - Coordenador / A.J. MELFI - Integrante / Nádia R. Nascimento - Integrante / Debora Ayumi Ishida - Integrante / Adilson Carvalho - Integrante / Yves Lucas - Integrante / Stephanie Mounier - Integrante / Guilherme Taitson Bueno - Integrante / Carlos Eduardo Cerri - Integrante / Débora M. B. P. Milori - Integrante / Wilson T. Lopes da Silva - Integrante / Marcelo Luiz Simões - Integrante / P. Merdy - Integrante. Financiador(es): Fundação de Amparo à Pesquisa do Estado de São Paulo - Auxílio financeiro. Número de produções C, T A: 6 / Número de orientações: 6
Membro: Celia Regina Montes.

2007

1.   2007-2010. Processos e mecanismos pedogenéticos envolvidos na formação dos despósitos de caolins de São Gabriel da Cachoeira
Descrição: Considerando-se a importância, científica e econômica dos caolins da região Amazônica e que a maior parte das informações sobre estes materiais vem dos estudos realizados nas ocorrências desenvolvidas sobre rochas sedimentares, este trabalho tem como objetivos (i) estudar os depósitos de caolim dos arredores de São Gabriel da Cachoeira, formados a partir de rochas cristalinas do embasamento Pré-Cambriano, e identificar os processos e mecanismos pedogenéticos que promoveram a alteração e evolução destas rochas e as transformações ocorridas no sistema pedológico (latossolo/espodossolo) até a formação dos depósitos de caolim; (ii) datar os processos de lateritização na região a partir da determinação de idades de caolinitas, por meio das medidas de defeitos de radiação induzidos nestes minerais; (iii) caracterizar o minério caolinítico para se obter dados que possam levar à valorização de suas aplicações tecnológicas; (iv) estabelecer guias para a prospecção de outras ocorrências, cuja evolução tenha ocorrido em contexto geológico-pedológico semelhante. Os estudos serão realizados tanto em perfis de solos isolados como também em toposseqüências, onde a dinâmica de evolução dos depósitos de caolim serão identificadas. Amostras serão coletadas para os estudos físicos, químicos e mineralógicos onde serão empregadas as técnicas analíticas de (i) difratometria de raios-X; (ii) análise térmica diferencial e gravimétrica; (iii) microscopia eletrônica de varredura; (iv) fluorescência de raios-X; (v) espectrometria por plasma; (vi) espectroscopia óptica por reflectância difusa; (vii) espectroscopia óptica na região do infravermelho; (viii) ressonância paramagnética eletrônica; além de estudos de lâminas delgadas por microscopia óptica.. Situação: Concluído; Natureza: Pesquisa. Alunos envolvidos: Mestrado acadêmico: (1) Doutorado: (2) . Integrantes: Celia Regina Montes - Coordenador / E Balan - Integrante / E Fritsch - Integrante / Antonio Carlos Vieira Coelho - Integrante / Nádia R. Nascimento - Integrante / Debora Ayumi Ishida - Integrante / Adolpho José Melfi - Integrante / Yves Lucas - Integrante / Guilherme Taitson Bueno - Integrante. Financiador(es): Fundação de Amparo à Pesquisa do Estado de São Paulo - Auxílio financeiro.Número de orientações: 1
Membro: Celia Regina Montes.

2005

1.   2005-2007. Podzolização das lateitas da alta bacia Amazônica: Estudos dos mecanismos hidro-biogeoquímicos associados as formações podzolizadas, as águas pretas da bacia do Rio Negro e aos depósitos de caolins associados
Descrição: O objetivo deste projeto é revelar os mecanismos de podzolização e de formação dos caolins, os fatores, que controlam a mobilidade dos elementos maiores, liberados quando da alteração das lateritas (principalmente Fe e Al), na borda (Sítio I - Jaú) e na parte central (Sítio II - Curicuriari e São Gabriel da Cachoeira) das zonas fortemente podzolizadas da bacia hidrográfica do Rio Negro. Ater-se-á à identificação dos compartimentos do solo onde esses mecanismos são suscetíveis de agir e de estabelecer, em função do ciclo hidrológico, sua contribuição à assinatura das águas.. Situação: Concluído; Natureza: Pesquisa. Alunos envolvidos: Graduação: (2) / Mestrado acadêmico: (1) / Doutorado: (2) . Integrantes: Celia Regina Montes - Integrante / E Balan - Integrante / E Fritsch - Integrante / Nádia R. Nascimento - Coordenador / Adolpho José Melfi - Integrante / Maria Izabel Castreghini de Freitas - Integrante / Guilherme Taitson Bueno - Integrante / Thierry Allard - Integrante / Yanling Li - Integrante / Sylvain Locatti - Integrante / Marion Bardy - Integrante / Sylvie Derenne - Integrante / Marc F. Benedetti - Integrante / Eric Viollier - Integrante / Thierry Heulin - Integrante / Odile Berge - Integrante / Bernadete A.C. de Castro Oliveira - Integrante. Financiador(es): Fundação de Amparo à Pesquisa do Estado de São Paulo - Auxílio financeiro.
Membro: Celia Regina Montes.
2.   2005-2008. Podzolização das lateritas da alta bacia Amazônica: Estudos dos mecanismos e dos fatores controladores da dinâmica evolutiva dos podzóis, das exportações de matéria nas cabeceiras da bacia do Rio Negro e dos depósitos de caolins associados
Descrição: Intercâmbios científicos no quadro de um projeto que visa identificar os compartimentos do solo nos quais os mecanismos da podzolização e de formação de caolins são susceptíveis de agir e de estabelecer, em função do ciclo hidrológico e sua contribuição à assinatura das águas. Os mecanismos que controlam a mobilidade dos metais (principalmente Fe e Al) em meio tropical úmido serão estudados na borda (sítio I) e na parte central (sítio II) das zonas fortemente podzolizadas da bacia hidrográfica do Rio Negro (alta bacia amazônica, Brasil).. Situação: Concluído; Natureza: Pesquisa. Alunos envolvidos: Graduação: (2) / Doutorado: (2) . Integrantes: Celia Regina Montes - Coordenador / E Balan - Integrante / E Fritsch - Integrante / Nádia R. Nascimento - Integrante / Adolpho José Melfi - Integrante / Maria Izabel Castreghini de Freitas - Integrante / Guilherme Taitson Bueno - Integrante / Thierry Allard - Integrante / Nicolas Menguy - Integrante / Yanling Li - Integrante / Sylvain Locatti - Integrante / Marion Bardy - Integrante / Sylvie Derenne - Integrante / Marc F. Benedetti - Integrante / Eric Viollier - Integrante / Thierry Heulin - Integrante / Odile Berge - Integrante / Georges Calas - Integrante. Financiador(es): Coordenação de Aperfeiçoamento de Pessoal de Nível Superior - Auxílio financeiro.
Membro: Celia Regina Montes.
3.   2005-2010. Uso de efluentes esgotos tratados por processos biológicos (Lagoas de Estabilização e reatores UASB/lodos ativados) em solos agrícolas
Descrição: O objetivo geral do presente projeto temático é o de estudar a viabilidade de utilização, de forma sustentável, de efluentes de esgoto tratados (EETs) por processos biológicos e desinfetados por meio de cloração e radiação ultravioleta (UV), na agricultura. Para tal, efluentes com características físico-químicas diferentes, produzidos por três sistemas de tratamento de esgoto por meio de lagoas de estabilização e por um sistema de reatores anaeróbios de fluxo ascendente com manta de lodo (UASB) seguido de processo de lodos ativados, serão aplicados nos solos e seus efeitos monitorados no sistema solo-planta-água. O sistema solo-planta-água é complexo e dinâmico, e a intervenção antrópica em qualquer um dos subsistemas afeta o sistema como um todo. Desta forma, cada subsistema (solo, planta, água) deverá, sob diferentes aspectos, ser objeto de estudos detalhados que serão integrados para atingir o objetivo geral. Estes estudos detalhados objetivam: (i) caracterizar os solos das áreas a serem irrigadas sob o ponto de vista da dinâmica das soluções percolantes, da sua capacidade de retenção de elementos e de sua hidrodinâmica; (ii) monitorar as concentrações dos nutrientes e elementos nos efluentes, visando o aumento de sua eficiência como fonte de nutrientes, sobretudo, N; (iii) observar as mudanças nas principais propriedades químicas e físicas do solo devido à irrigação; (iv) caracterizar a matéria orgânica proveniente do EET, avaliar seu papel na dinâmica de elementos nos solos e simular sua dinâmica, utilizando modelagem matemática; (v) avaliar os efeitos da aplicação do EET na biomassa microbiana do solo e nas suas atividades metabólicas; (vi) avaliar o rendimento de massa de matéria seca e o estado nutricional das plantas. Os aspectos sanitários, técnicos e econômicos são fundamentais quando se busca a sustentabilidade para a utilização de efluentes para irrigação. Desta forma, em adição aos objetivos citados acrescentam-se: (vii) avaliar os processos de de. Situação: Concluído; Natureza: Pesquisa. Alunos envolvidos: Graduação: (12) / Especialização: (3) / Mestrado acadêmico: (5) / Doutorado: (7) . Integrantes: Celia Regina Montes - Integrante / Maria Cristina Forti - Integrante / Carlos Clemente Cerri - Integrante / Marisa C. Piccolo - Integrante / Brigitte J. Feigel - Integrante / Adriel Ferreira da Fonseca - Integrante / Fernando Campos Mendonça - Integrante / Thomas Vicent Gloaguem - Integrante / Roque Pivelli - Integrante / Adilson Carvalho - Integrante / Adolpho José Melfi - Coordenador / Roberta A. Bruschi Gonçalves - Integrante / Uwe Herpin - Integrante / Yves Lucas - Integrante / Stephanie Mounier - Integrante / Reynaldo Victória - Integrante / Maria Victória Ramos Ballester - Integrante / Célia Alves Surita - Integrante / Lilian Pitol Firme - Integrante / Sandra Furlan Nogueira - Integrante / Luiz Fernando Rossi Léo - Integrante / Gerd Sparovek - Integrante / Marcos Vinícius Folegatti - Integrante / Carlos Eduardo Cerri - Integrante / Silvana Cutolo - Integrante / Alex V. Krusche - Integrante / Marcelo Z. Moreira - Integrante / Jean Pierre Ometto - Integrante / Marcos Sarmet Moreira de Barros Salomão - Integrante / Ladislau Martin Neto - Integrante / Débora M. B. P. Milori - Integrante / Wilson T. Lopes da Silva - Integrante / Nathalie Patel-Sorrentino - Integrante / Carlos M. P. Vaz - Integrante / João M. Naime - Integrante / Ricardo Victória Filho - Integrante / Eric Noirtin - Integrante / Aline Akabochi Fabreti - Integrante / Rafael Marques Pereira Leal - Integrante / Luiz Fernando Marchesi Serrano - Integrante / Leonardo do Lago Lopes Rodrigues Brianezi - Integrante / Gizella Scarso Otvos - Integrante / Marina B. Santos - Integrante. Financiador(es): Fundação de Amparo à Pesquisa do Estado de São Paulo - Auxílio financeiro / Fundação de Amparo à Pesquisa do Estado de São Paulo - Bolsa / Coordenação de Aperfeiçoamento de Pessoal de Nível Superior - Bolsa.
Membro: Celia Regina Montes.

2004

1.   2004-2006. TRANSFERÊNCIAS DE ESPÉCIES QUÍMICAS ATRAVÉS DO SISTEMA SOLO EM EXPERIMENTO COM DISPOSIÇÃO DE EFLUENTES: ESTUDO INTEGRADO NO SISTEMA DE LINS
Descrição: O projeto tem por objetivo avaliar o comportamento hidrogeoquímico de íons reativos em função das alterações das características químicas e físico-químicas das águas nas zonas não saturada e saturada, ao longo do tempo e do espaço; monitorar a mobilidade de íons conservativos; monitorar as variações químicas ocorridas no solo e a redistribuição de íons em perfis verticais e ao longo de toposseqüências até a zona saturada, em função das taxas de aplicação e do conteúdo de matéria orgânica nos efluentes; identificar os mecanismos que poderão permitir a migração de contaminantes em zona não saturada; avaliar o potencial de contaminação de aqüíferos.. Situação: Concluído; Natureza: Pesquisa. Alunos envolvidos: Graduação: (1) / Especialização: (1) / Doutorado: (1) . Integrantes: Celia Regina Montes - Integrante / Maria Cristina Forti - Integrante / Thomas Vicent Gloaguem - Integrante / Thiago Martins Steffen - Integrante / Adolpho José Melfi - Coordenador / Rubens Caldeira Monteiro - Integrante. Financiador(es): Fundação de Amparo à Pesquisa do Estado de São Paulo - Auxílio financeiro.
Membro: Celia Regina Montes.
2.   2004-2009. Utilização na agricultura de efluentes de sistema de tratamento de esgoto por meio de lagoas de estabilização e por cloração final
Descrição: Este projeto tem como objetivo realizar pesquisas sistemáticas sobre o impacto ambiental provocado pela disposição de efluentes de esgoto tratado por meio de sistema de lagoas de estabilização em solos tropicais, assim como seu uso na agricultura. Desta forma, este projeto pretende estudar os aspectos sanitários referentes à utilização do solo como polimento do efluente e os aspectos econômicos relativos à produção agrícola.. Situação: Concluído; Natureza: Pesquisa. Integrantes: Celia Regina Montes - Integrante / Maria Cristina Forti - Integrante / Adriel Ferreira da Fonseca - Integrante / Fernando Campos Mendonça - Integrante / Roque Pivelli - Integrante / Adilson Carvalho - Integrante / Adolpho José Melfi - Coordenador / Thomas Vincent Gloaguen - Integrante / Roberta A. Bruschi Gonçalves - Integrante / Uwe Herpin - Integrante / Luiz Fernando Rossi Léo - Integrante / Pedro Alem Sobrinho - Integrante. Financiador(es): Companhia de Saneamento Básico do Estado de São Paulo - Auxílio financeiro.
Membro: Celia Regina Montes.

2002

1.   2002-2005. Impactos químico, físico e ambiental de um sistema solo-pastagem irrigado com efluentes de esgoto tratado
Descrição: Considerando a importância da preservação do ambiente e a utilização de maneira sustentável de resíduos produzidos pelos sistemas de tratamento de esgotos, neste caso, de efluentes, o presente projeto tem como objetivos principais: (i) monitorar os teores dos nutrientes e elementos presentes no efluente secundário de esgoto tratado (ESET), visando o aumento de sua eficiência como fonte de nutrientes; (ii) observar as mudanças nas principais características químicas e físicas do solo devido à irrigação com efluente durante 24 meses, estudando, inclusive, a dinâmica do C, N (N-NO3-), metais pesados e Na e a condutividade elétrica do solo (iii) verificar a viabilidade econômica (economia de fertilizante nitrogenado) e o impacto da disposição de EET em um sistema solo-planta forrageira, bem como as alterações na nutrição, qualidade e produtividade do capim-Tifton (Cynodon dactylon).. Situação: Concluído; Natureza: Pesquisa. Integrantes: Celia Regina Montes - Integrante / A.J. MELFI - Coordenador / Adriel Ferreira da Fonseca - Integrante / Francisco Antonio Monteiro - Integrante / Tamara M. Gomes - Integrante / Vagner Vidal Almeida - Integrante. Financiador(es): Fundação de Amparo à Pesquisa do Estado de São Paulo - Auxílio financeiro.
Membro: Celia Regina Montes.
2.   2002-2003. Utilização na agricultura do efluente de lagoas de estabilização em Lins
Descrição: Apresenta dois objetivos principais: o primeiro é determinar a eficiência depurativa do solo após o processo de irrigação, controlando-se seu comportamento, a absorção dos nutrientes pela planta e as características dos produtos finais na rede hidrográfica, com especial atenção à matéria orgânica e, o segundo, avaliar o ganho econômico obtido com a fertirrigação.. Situação: Concluído; Natureza: Pesquisa. Integrantes: Celia Regina Montes - Integrante / A.J. MELFI - Coordenador / Maria Cristina Forti - Integrante / Adriel Ferreira da Fonseca - Integrante / Fernando Campos Mendonça - Integrante / Thomas Vicent Gloaguem - Integrante / Roque Pivelli - Integrante / Alex Paulus Ribeiro dos Santos - Integrante / Thiago Martins Steffen - Integrante. Financiador(es): Companhia de Saneamento Básico do Estado de São Paulo - Auxílio financeiro.
Membro: Celia Regina Montes.

1999

1.   1999-2002. Ciclos Biogeoquímicos e transferências de espécies químicas nas interfaces de ecossistemas terrestres de Mata Atlântica: Estudo de duas áreas contrastante, poluída e natural
Descrição: Nesse projeto foram estudados, através do monitoramento integrado de duas microbacias hidrográficas (no Parque Estadual das Fontes do Ipiranga, PEFI, floresta urbana e no Parque Estadual da Serra do Mar Núcleo Cunha-Indaiá, área natural, do Instituto Florestal, Secretaria Estadual do Meio Ambiente) os efeitos da poluição atmosférica sobre florestas, sob a ótica de estudos das transferências de poluentes da atmosfera para os reservatórios abióticos (solo e soluções aquosas) dos quais depende a saúde e a sobrevivência da biota.. Situação: Concluído; Natureza: Pesquisa. Integrantes: Celia Regina Montes - Integrante / A.J. MELFI - Integrante / R Boulet - Integrante / A Carvalho - Integrante / Maria Cristina Forti - Coordenador / Valdir de Cicco - Integrante / Francisco C.S. Arcova - Integrante / Nádia R. Nascimento - Integrante. Financiador(es): Fundação de Amparo à Pesquisa do Estado de São Paulo - Auxílio financeiro.
Membro: Celia Regina Montes.
2.   1999-2003. Depósitos de argilas de Poços de Caldas: Gênese, geoquímica, propriedades e aplicações tecnológicas
Descrição: A proposta deste projeto de pesquisa apresenta uma duplo interesse. De um lado, o interesse acadêmico que tem por objetivo a compreensão da gênese e evolução dos depósitos de argila e de outro, o estudo de propriedades tecnológicas dos materiais visando o seu melhor aproveitamento. Além disso, os dados obtidos nesta pesquisa, poderão ser utilizados para definir guias ou modelos de prospecção que permitam verificar compartimentos favoráveis à acumulação de outros depósitos de argila. Outro ponto a ser ressaltado, que será considerado durante os trabalhos, é a presença de altas concentrações de metais de alta tecnologia como Zr, Nb, Ga e terras raras nas rochas alcalinas do maciço e nos seus produtos de alteração. Face ao grande interesse econômico por estes elementos, um estudo para a definição de seus posicionamentos, seja nas estruturas de minerais preexistentes, seja formando minerais próprios, é de fundamental importância para sua exploração e para a valorização.. Situação: Concluído; Natureza: Pesquisa. Integrantes: Celia Regina Montes - Coordenador / A.J. MELFI - Integrante / Antonio Carlos Vieira Coelho - Integrante / Samuel Márcio Toffoli - Integrante. Financiador(es): Fundação de Amparo à Pesquisa do Estado de São Paulo - Auxílio financeiro.
Membro: Celia Regina Montes.

1997

1.   1997-2004. Organização e Funcionamento das Coberturas Lateríticas da Amazônia -PRONEX
Descrição: Este projeto tem por objetivo principal conhecer a organização e funcionamento hidrobiogeoquímico desses materiais superficiais, com vistas a reconstruir a história evolutiva dessas coberturas prevendo o comportamento futuro desse sensível material suporte da floresta tropical úmida. Dois grandes conjuntos de processos estão sendo focalizados: (i) aqueles associados à acumulação residual de materiais de interesse econômico (por exemplo, o caolim) e (ii) aqueles que provocam degradações naturais, associados à exportação de materiais para os rios.. Situação: Concluído; Natureza: Pesquisa. Integrantes: Celia Regina Montes - Integrante / A.J. MELFI - Coordenador / E Fritsch - Integrante / R Boulet - Integrante / A Carvalho - Integrante / Antonio Carlos Vieira Coelho - Integrante / Milton L L Formoso - Integrante / Nádia R. Nascimento - Integrante / Carlos Clemente Cerri - Integrante / Marisa C. Piccolo - Integrante / Brigitte J. Feigel - Integrante. Financiador(es): Conselho Nacional de Desenvolvimento Científico e Tecnológico - Auxílio financeiro / Financiadora de Estudos e Projetos - Auxílio financeiro.
Membro: Celia Regina Montes.


Data de processamento: 06/11/2017 11:05:36